Publicado em

PROFETAS

Há pessoas que sentem profundamente tudo o que acontece ao seu redor e mesmo o que distante, lhes chega como notícia; ainda que seja passado, história.

Têm um nervo exposto na alma, como se fosse o nervo de Deus.

Sua tendência é assimilar tudo como seu. A dor do mundo; as responsabilidades de todo mundo. Não separaram realidades, carregam surtos messiânicos.

São como Elias que disse a Deus que só havia ele na terra para cuidar de tudo. Como Samuel que disse que a nação o rejeitava pessoalmente.

Deus precisou diminuir seu senso de justiça e importância. Disse que Elias não era o último ou o único de sua geração. Disse a Samuel que o povo não o rejeitava, mas ao próprio Deus.

Elias, você não é o único que sofre e sente. Samuel, você não é tão importante assim.

Descanso. Recolocação do Ego. Alívio.

Profetas são assim. Incompreendidos, solitários, ingênuos sobre si mesmos e atormentados.

Precisam ser lembrados com amor pelo Criador que são apenas homens, não deuses.

2015 Alexandre Robles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *