Publicado em

LISTA DOS DESAPEGOS PARA O ANO NOVO

Como manter a mochila com o peso adequado

 

Passamos a vida acumulando. Objetos, experiências, conhecimento. Quanto mais se tem, mais próspero se pensa ser. É como se nos entregassem uma mochila vazia para darmos conta de encher no decorrer de nossa vida, crendo, inclusive, que quanto mais cheia ela estiver, maior é nosso valor. E já tentamos carregar nessa mochila realidades de toda sorte, que vão do acúmulo do supérfluo, passando pela necessidade de ostentar, chegando às emoções e traumas que pesam a caminhada.

 

O correto é passarmos a vida desapegando de realidades que tornam a mochila pesada e aprendendo a seguir a jornada como um bom observador, parafraseando o conselho dos mochileiros: “da ‘vida’ nada se tira, a não ser fotos; nada se deixa, a não ser pegadas; e nada se leva, a não ser lembranças”.

 

Sugiro para o Novo Ano uma Lista de desapegos, que ao invés de você fazer sua lista de desejos e promessas, você faça a lista do que vai deixar pra trás, uma lista que tenha objetos e bens, emoções e traumas, manias e até antigos objetivos não concretizados e que apenas servem para fazer-lhe sentir-se derrotado e que o atrapalham de realizar o que é de fato importante.

 

Que no Ano Novo sejamos mais cuidadosos com o peso da mochila, pra evitar dor nas costas e na alma.

 

©2015 Alexandre Robles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *