Publicado em

É a medida certa que faz bem. Nem menos, nem mais. O excedente e a escassez fazem mal. Há vezes em que se dá muito e recebe pouco; outras em que se recebe muito e dá pouco. Bom mesmo é quando há reciprocidade. Faz bem às amizades, aos casamentos, às parcerias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *