Publicado em

Tudo o que vale a pena, dá trabalho

Paulo reclamava que sua geração era infantilizada, que deveria poder comer comida sólida, mas ainda se servia de leite espiritual, como se estivesse na infância existencial.
Nossa geração é assim. Desde que nos disseram que adultos não precisam sofrer, ter trabalho, de que podem parar de cozinhar, lavar e limpar e têm direito a ter todo prazer e não ter nenhum desconforto, desde que acreditamos que a vida pode ser uma grande brincadeira, infantilizamos nossas emoções, nossas relações e o mundo que nos cerca.

Tudo o que vale a pena, dá trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *