Publicado em

Via de regra, das regras ancestrais de um período maior de antes das tecnologias que controlamos (nos controlam), é melhor caminhar nas primeiras e nas últimas horas do dia, quando o Sol está discreto, aliviando o esforço. Meio dia, Sol a pique, não é prudente, assim como à madrugada, sem muita luz, sob riscos de não enxergar perigos. Assim é a alma, melhor caminhar à meia luz, nem na Euforia, como se fosse com o Sol escaldante, nem na Depressão, como se sob perigos noturnos. Nos extremos das emoções, melhor não tomar decisões, não discutir assuntos importantes, não tomar providências. Importantes a sombra e o repouso, fazer menos, quase nada, até que o clima seja novamente favorável para que levantemos e caminhemos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *