Publicado em

ELE FALOU MEU NOME

Maria Madalena foi ao sepulcro e não encontrou o corpo de Jesus. Chorava, pensando que alguém havia violado e roubado. Jesus aparece ressurreto diante dela. Ela ainda não o reconhece. Mas quando Ele a chama pelo nome, não precisa dizer mais nada; ela o reconhece, se ajoelha, o adora e compreende que Ele está vivo!

A Páscoa somente tem significado para quem ouviu Jesus dizer o próprio nome, numa experiência de conversão espiritual.

Só sabe que o Homem de Nazaré está vivo e é Deus, quem o ouviu na alma, falar seu nome e convidar à vida.

Às pessoas que diante de sepulturas de seus próprios corações, estiverem chorando suas dores e vazios, Jesus há de aparecer, suavemente, e chamar pelo nome.

Ele tem feito assim! Desejo que faça agora com muitos.

2015 Alexandre Robles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *