Publicado em

COMO UMA ONDA NO MAR

Quando a vida bater forte e você se sentir perdido, sozinho, sem forças, faça como se costuma fazer no mar. Sabe quando a onda que vem é maior do que esperávamos e sabemos que ela vai nos derrubar? Nessas horas nós devemos agachar e deixa-la passar por cima. Certamente ela vai nos desestabilizar e nos mover do lugar, vamos até tropeçar, mas será melhor do que enfrenta-la de peito aberto, pois nesse caso ela nos afoga mesmo.

Quando as ondas mais fortes da minha vida bateram em mim, eu achei que poderia enfrenta-las de peito aberto. Aprendi a lição! Quando acalmei a alma, esperei em Deus, sofri quieto, vi que a onda que passa por cima, lava mas não afoga.

Hoje, tenho mais respeito pelo mar da minha história, sigo apreciando o vento na praia, admirando a magia do surfe e continuo gostando das ondas, sigo entrando no mar, sem medo de morrer na praia e certo de que as experiências de perda mais profundas são como a onda do mar que amo, elas passam, eu fico. E sigo.

Vai passar! Acredite! Paz a quem precisa!

2015 Alexandre Robles

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *