Publicado em

Não importa quão longe cheguemos, não podemos fugir de nossas origens; não importa quantas viagens façamos, a mais importante jornada ainda será a que se faz para dentro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *